Quimiweb
Inovação & Tendências
dados
treinamento
projeto
bolsa
fapesp

Treinamento técnico em bioinformática e computação no Instituto de Química da USP

Agência FAPESP

Autor

Treinamento técnico em bioinformática e computação no Instituto de Química da USP

Treinamento técnico em bioinformática e computação no Instituto de Química da USP Duas vagas são oferecidas no âmbito de projeto que estuda fatores genéticos da cana. Inscrições até 30 de junho (imagem: Pete Linforth/Pixabay)

17 de junho de 2021

Agência FAPESP – O Projeto Temático “Redes regulatórias e sinalização associadas à cana-energia” oferece uma vaga de treinamento técnico nível quatro (TT-4) e uma de nível cinco (TT-5), ambas com bolsa da FAPESP. As inscrições devem ser feitas até 30 de junho de 2021.

As atividades são exercidas no Laboratório de Transdução de Sinal do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (IQ-USP), que realiza estudos de biologia de sistemas com cana-de-açúcar e, para isso, produz e analisa dados de genômica, transcriptômica e metabolômica dessa gramínea.

O projeto da bolsa tem como objetivo principal a evolução do banco de dados da plataforma Sucest-FunDB e o desenvolvimento de novas metodologias e aplicações baseadas em métodos estatísticos e de aprendizado de máquina para integração de dados de larga escala de transcriptoma e metaboloma com bancos de dados de ontologia de genes e vias de sinalização, entre outros.

Os candidatos devem ter conhecimentos em métodos de bioinformática, ciência da computação e estatística e em linguagem Java, JavaWeb, JavaScript e R, além de experiência em modelagem de bancos de dados e linguagem SQL.

As inscrições podem ser feitas pelo e-mail da professora Glaucia Mendes Souza (glmsouza@iq.usp.br).

Mais informações sobre as vagas em: www.fapesp.br/oportunidades/4321 e www.fapesp.br/oportunidades/4322.

O bolsista selecionado de TT-4 receberá Bolsa FAPESP para treinamento técnico no valor de R$ 3.104,80 sem vínculo empregatício, por dois anos com dedicação de 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. Aceita-se um período de dedicação semanal em home office.

A Bolsa TT-5 é voltada a profissional graduado, especialista em TI com pelo menos cinco anos de experiência após a graduação ou título de doutorado (preferível doutor em computação), sem vínculo empregatício, com dedicação de 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. O valor da bolsa é de R$ 7.372,40 mensais.

Mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico da FAPESP: www.fapesp.br/bolsas/tt.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar


Leia este artigo com uma
conta gratuita.

Já tem uma conta? Faça Login

Relacionados

Supermemória híbrida ULTRARAM chega às pastilhas de silício

Supermemória híbrida ULTRARAM chega às pastilhas de silício

A implementação de qualquer tecnologia eletrônica digital em pastilhas de silício é essencial para sua comercialização.

Por Inovação Tecnológica

Aldeias Infantis SOS é eleita uma das 100 Melhores ONGs de 2021

Aldeias Infantis SOS é eleita uma das 100 Melhores ONGs de 2021

O Prêmio Melhores ONGs anunciou que a Aldeias Infantis SOS está entre as 100 organizações brasileiras do terceiro setor vencedoras em 2021. Na lista, que já está disponível no site melhores.org.br, é possível conhecer o nome das organizações reconhecidas por suas...

Por Brasil Alemanha News

Iniciativa da Bayer de combate à cigarrinha alcança 194 cidades do Sul do País

Iniciativa da Bayer de combate à cigarrinha alcança 194 cidades do Sul do País

Os impactos do fenômeno climático La Niña – marcado por tempo seco e chuvas irregulares – já ameaçam as estimativas da produção do milho verão no Rio Grande do Sul, principalmente na região noroeste do estado, segundo dados da...

Por Brasil Alemanha News