Quimiweb
Inovação & Tendências
projeto
vagas
bolsa
fapesp
tt-

Treinamento técnico em banco de dados, nutrição animal e zootecnia na USP

Agência FAPESP

Autor

Treinamento técnico em banco de dados, nutrição animal e zootecnia na USP

Treinamento técnico em banco de dados, nutrição animal e zootecnia na USP No Centro de Energia Nuclear na Agricultura, três vagas são oferecidas para projeto que estuda a produção sustentável de ovinos e caprinos na região da Caatinga de Alagoas (foto: Ulrike Leone/Pixabay)

14 de abril de 2021

Agência FAPESP – Duas vagas de treinamento técnico de nível três (TT-3) e uma de nível quatro (TT-4), todas com bolsa da FAPESP, estão disponíveis pelo projeto “Desenvolvimento territorial com sustentabilidade do Sertão Alagoano e estudo da biomassa disponível para a produção sustentável de pequenos ruminantes”. As inscrições devem ser feitas até 20 de abril de 2021.

O projeto é desenvolvido no Centro de Energia Nuclear na Agricultura da Universidade de São Paulo (Cena-USP), em Piracicaba.

Uma das vagas de TT-3 é para determinar a qualidade nutricional da biomassa forrageira produzida no sistema de produção de pequenos ruminantes na região da Caatinga de Alagoas. O estudo busca conhecer a composição bromatológica da pastagem nativa e cultivadas disponíveis, buscando aprimorar as dietas a serem ofertadas de forma adequada e equilibrada energeticamente.

A segunda oportunidade de TT-3 é direcionada ao estudo das parcerias e práticas dos produtores de ovinos e caprinos na região da Caatinga de Alagoas, com a meta de coletar informações para o estudo com rigor científico e uso de metodologia qualitativa para a imersão no cotidiano do trabalho dos produtores, além de observação de seus membros e suas práticas pautadas em negociações e disputas.

O bolsista de TT-4 participará da criação de um banco de dados contendo informações obtidas da literatura, a fim de identificar os principais sistemas de produção de pequenos ruminantes no Brasil e os principais fatores de origem animal, alimentar e ambiental que modificam a emissão de metano entérico de cada sistema.

Os interessados nas vagas devem enviar currículo Lattes com carta de interesse e referências para o e-mail do coordenador do projeto, o professor Adibe Luiz Abdalla (abdalla@cena.usp.br).

Mais informações sobre as vagas em: www.fapesp.br/oportunidades/4201, www.fapesp.br/oportunidades/4202 e www.fapesp.br/oportunidades/4204.

A Bolsa de TT-3 tem valor de R$ 1.228,40 mensais. É direcionada a graduados do nível superior, sem reprovações no histórico escolar e sem vínculo empregatício. A dedicação deverá ser de 16 a 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. O tempo de bolsa TT-3 será descontado no caso de o interessado vir a usufruir de bolsa de mestrado ou doutorado direto.

O bolsista selecionado de TT-4 receberá Bolsa FAPESP para treinamento técnico no valor de R$ 3.104,80 sem vínculo empregatício, por dois anos com dedicação de 40 horas semanais às atividades de apoio ao projeto de pesquisa. Aceita-se um período de dedicação semanal em home office.

Mais informações sobre as bolsas de Treinamento Técnico da FAPESP: www.fapesp.br/bolsas/tt.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.
 

  Republicar


Leia este artigo com uma
conta gratuita.

Já tem uma conta? Faça Login

Relacionados

Investimento para mais startups de Inteligência Artificial na Baviera

Investimento para mais startups de Inteligência Artificial na Baviera

O Ministro de Assuntos Econômicos de Munique, Hubert Aiwanger, celebra o bom desenvolvimento para o ecossistema de startups na Baviera. O governo federal e o Estado Livre irá criar dois novos projetos de startup baseados em Inteligência Artificial (IA)...

Por Brasil Alemanha News

Tela OLED 3D é totalmente fabricada em impressora 3D

Tela OLED 3D é totalmente fabricada em impressora 3D

A ideia é que qualquer pessoa possa imprimir telas e monitores em casa usando uma pequena impressora 3D portátil.

Por Inovação Tecnológica

DNA livre no ar permite monitorar animais na natureza

DNA livre no ar permite monitorar animais na natureza

Moléculas de DNA livres, coletadas do ar, podem ser usadas para detectar uma ampla gama de espécies animais.

Por Inovação Tecnológica