Quimiweb
Nutrição Humana & Animal
agrícola
sugestões
produtores
agricultura
faesp

FAESP realiza consulta e apresentará sugestões ao novo Plano Agrícola e Pecuário

2A+ Alimentos

Autor

FAESP realiza consulta e apresentará sugestões ao novo Plano Agrícola e Pecuário

Para que as propostas atendam às necessidades efetivas dos produtores paulistas, inclusive de pequenos e médios, a Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (FAESP) está consultando todos os sindicatos rurais

Foi encaminhada consulta a todos os sindicatos rurais paulistas, abrangendo detalhadamente cada item relativo à composição do Plano Agrícola e Pecuário 2021/2022 do Governo Federal. “Reunimos as sugestões por área temática ou por atividade agropecuária, alinhadas às necessidades do setor produtivo e da realidade das diferentes regiões produtoras do Estado, envolvendo temas estratégicos, como volume de recursos, taxa de juros, acesso ao crédito, recursos para custeio, comercialização e investimento, seguro rural e zoneamento agrícola”, explica Fábio Meirelles, presidente da FAESP.

As sugestões serão consolidadas e encaminhadas diretamente pela entidade ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e à CNA – Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil. “Especial atenção deve ser dada às sugestões de aperfeiçoamento das regras de enquadramento das linhas de financiamento destinadas aos produtores familiares e aos médios estabelecimentos agrícolas, bem como às condições do crédito para custeio, comercialização e investimento”, ressalta Meirelles.

Na avaliação da FAESP, o Plano Agrícola e Pecuário 2020/2021 foi positivo, considerando o impacto da pandemia de Covid-19 nas finanças públicas. Houve ampliação da programação de recursos destinados ao financiamento do setor, que alcançou o volume recorde de R$ 236,3 bilhões. A redução das taxas de juros foi adequada, assim como a manutenção do compromisso de incentivar e privilegiar o financiamento de pequenos e médios produtores.

Também foram renovadas as estratégias de fomentar a construção de estruturas de armazenagem nas propriedades rurais, bem como o compromisso de incentivar a adoção de novas e mais eficientes tecnologias, a fim de continuar estimulando ganhos de produtividade e qualidade na agropecuária. Manteve-se, ainda, a preocupação com a sustentabilidade, por meio do Programa ABC – Agricultura de Baixo Carbono.

“Porém, os juros das linhas de crédito agrícola ainda ficaram acima da expectativa e há necessidade de aumento da subvenção do seguro rural e outros pontos a serem aperfeiçoados. Por isso, levaremos ao governo propostas realistas, que expressam exatamente as necessidades e anseios dos produtores paulistas”, conclui o presidente da FAESP.

Cadastre-se para receber as matérias também via WhatsApp

Portais de Notícias 2A+

Conteúdos exclusivos, matérias, entrevistas, artigos, eventos e muito mais todo dia, a qualquer momento, para fazer de você o seguidor melhor informado.

Jornalismo feito por Jornalistas.

Integramos os elos entre a indústria, os fornecedores, o varejo e o consumidor. A Qualidade que seleciona seguidores de Qualidade.

Os fornecedores que prestigiamos são os nossos anunciantes.

Faça network com o mercado, não disperse tempo e dinheiro, anuncie conosco. Quem tem poder de decisão está nos Portais 2A+. 

The best way to access the Brazilian life sciences industry market.


Leia este artigo com uma
conta gratuita.

Já tem uma conta? Faça Login

Relacionados

O cenário das foodtechs para o pós-pandemia

O cenário das foodtechs para o pós-pandemia

O futuro das foodtechs no pós-pandemia é dos mais animadores. Confira neste artigo as principais tendências do segmento!

Por Food Connection

Marcações e identificação de animais na bovinocultura

Marcações e identificação de animais na bovinocultura

Gabriel Antonio Rodrigues Lopes1, Isabelle Ferreira Macedo1, Ana Paula Lopes Marques2 e Clayton Bernardinelli Gitti2 1- Discentes da Liga de Bovinos da UFRRJ -LIBOVIS 2- Coordenadores da Liga de Bovinos da UFRRJ -LIBOVIS INTRODUÇÃO O ritmo de crescimento do...

Por Animal Business Brasil

Ministério da Agricultura já tem método validado para diagnóstico da Peste Suína Africana no país

Ministério da Agricultura já tem método validado para diagnóstico da Peste Suína Africana no país

O Laboratório Federal em Minas Gerais do Ministério da Agricultura concluiu a validação completa de suas técnicas moleculares para o diagnóstico da doença (PSA). Trata-se de uma doença viral que não oferece risco à saúde humana, mas pode dizimar...

Por Animal Business Brasil