Quimiweb
Fertilizantes, Adjuvantes & Agroquímicos
vacinação
aftosa
febre
viaturas
inspetorias

RS ganha viaturas para inspeção de febre aftosa sem vacinação

Canal Rural - Agricultura

Autor

RS ganha viaturas para inspeção de febre aftosa sem vacinação

O governo do Rio Grande do Sul entregou, nesta sexta-feira, 26, 62 carros para as inspetorias de defesa agropecuária da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) e 9 viaturas para o Corpo de Bombeiros Militar (CBMRS). 

Veja como laboratórios de vacina animal se uniram para ajudar na luta contra a Covid-19

“Estamos enfrentando uma pandemia, mas não deixamos de avançar em todas as áreas, especialmente na segurança pública. E é na segurança que está o cuidado com a vida das pessoas, a partir do trabalho do nosso Corpo de Bombeiros Ao longo desses dois anos, a instituição recebeu uma série de entregas que estão renovando todos os equipamentos”, detalhou o governador Eduardo Leite.

Para as inspetorias da Seapdr, foi entregue a primeira leva de 62 viaturas de um conjunto de 93. O investimento no total de 93 veículos é de cerca de R$ 7,5 milhões, a maior parte (aproximadamente R$ 6 milhões) proveniente de recursos do Tesouro Estadual, com complementação de cerca de R$ 1,5 milhão por parte do Ministério da Agricultura. A renovação da frota foi exigência apontada pela pasta para que o Rio Grande do Sul se tornasse apto a pleitear o status sanitário de Estado livre de febre aftosa sem vacinação.

“O que se faz aqui é mais do que uma entrega de viaturas. É por meio desse investimento em viaturas que vamos qualificar a estrutura das nossas inspetorias para garantir um RS livre da aftosa sem vacinação. São exigências importantes a serem cumpridas para que o RS receba o certificado e, assim, possamos acessar novos mercados”, explicou Leite.

Há duas semanas, a ministra Tereza Cristina adiantou que o Rio Grande do Sul deverá ser reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como zona livre de febre aftosa sem vacinação. A decisão será homologada durante Assembleia Geral da entidade, prevista para maio.

“Com essa entrega, concluímos todas as etapas necessárias para conseguir o certificado internacional da OIE. Isso trará emprego e renda para nossa população e lucro para os nossos produtores, e é uma conquista de muitas mãos”, celebrou o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho.


Leia este artigo com uma
conta gratuita.

Já tem uma conta? Faça Login

Relacionados

Feriado nos EUA faz preços de soja no Brasil terem queda generalizada

Feriado nos EUA faz preços de soja no Brasil terem queda generalizada

Saca no Porto de Rio Grande teve a maior desvalorização do dia; acompanhe os negócios nas outras praças

Por Canal Rural - Agricultura

Umidade do solo possibilita retomada do plantio da soja no RS, diz Emater

Umidade do solo possibilita retomada do plantio da soja no RS, diz Emater

Semeadura já atinge 68% da área no estado; em 2020, índice para o período era de 48%

Por Canal Rural - Agricultura

Soja e fertilizantes impulsionam movimentação no Porto de Santos

Soja e fertilizantes impulsionam movimentação no Porto de Santos

Os embarques da oleaginosa em grãos surpreenderam e apresentaram um volume considerável para a ocasião

Por Canal Rural - Agricultura